relacaoinstitucional@paodospobres.com.br
Nos acompanhe nas redes sociais

BLOG

img featured
Destaque 

Pão dos Pobres apresenta seus resultados de 2018

compartilhe

Uma instituição conectada com a comunidade
Pão dos Pobres apresenta seus resultados de 2018

O apoio de convênios com órgãos públicos, parcerias com empresas, doações de pessoas físicas, voluntários e doadores anônimos foram valorizados pelo diretor Geral da Fundação O Pão dos Pobres de Santo Antônio, Irmão Albano Thiele, na manhã desta quinta-feira, 25 de abril, durante a apresentação dos resultados de 2018 da instituição. “Somente conseguimos fazer frente às dificuldades que encontramos na execução da nossa missão por causa de vocês, nossos apoiadores”, afirmou, destacando obras importantes e necessárias que foram realizadas em 2018 para preservação dos prédios quase centenários e do bem-estar das crianças, adolescentes e jovens, que passam pelas instalações do Pão dos Pobres.

Ao longo do último ano, a estrutura completa do telhado do prédio que abriga as oficinas do Centro de Educação Profissional e o administrativo da instituição foi instalada, com a substituição por uma telha termoacústica. Foram 8 mil metros quadrados de telhado renovado, com um investimento de R$ 1,6 milhão. E agora, já está em andamento, o restauro do prédio tombado, que data de 1930, com a primeira etapa sendo feita nas fundações da edificação. A obra completa, chegará à casa dos R$ 3,5 milhões, incluindo a intervenção nas fachadas, ainda em fase de orçamento.

O gerente socioeducativo do Pão dos Pobres, João Rocha, ressaltou o trabalho realizado em cada um dos projetos e programas desenvolvidos na Fundação, também valorizando a conexão existente entre a instituição e a comunidade porto-alegrense. “Precisamos dar sentido e significado para tudo que fazemos na vida. Conectar as pessoas para o bem comum, especialmente para proteger crianças e adolescentes, é o nosso desafio diário, no propósito de nosso trabalho no Pão dos Pobres. Por meio dessa conexão, construiremos uma sociedade que promova a dignidade das pessoas. Seremos mais humanos, mais felizes”, reforçou.

Em números gerais, em 2018, o Pão dos Pobres, atendeu cerca de 1400 crianças, adolescentes e jovens em seus programas. Considerando os atendimentos dados individualmente e às famílias, foram mais de 35 mil atendimentos no ano. O Pão dos Pobres recebe um público de zero a 24 anos, todos em situação de vulnerabilidade social, nos seus principais projetos que são o Centro de Atendimento Integral, o Centro de Educação profissional e o Acolhimento Institucional.

Entre as autoridades presentes no evento de prestação de contas do Pão dos Pobres, estavam Dom Dadeus Grings, arcebispo emérito de Porto Alegre, Nádia Gerhard, secretária municipal de Desenvolvimento Social e Esporte de Porto Alegre, a presidente da Câmara de Vereadores, Mônica Leal, a secretária estadual do Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, a promotora de Justiça da Infância e Juventude de Porto Alegre, Cinara Vianna Dutra Braga, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Roberta Motta, a presidente da Fundação de Assistência Social e Cidadania de Porto Alegre (Fasc), Vera Ponzio.